Voz Ativa

Por: Pablo Mosqueira

littlerock-racismo_bg.jpg

Ei, nego, vem cá
O senhor pode me explicar
Como a gente se perdeu
e não vivemos mais o verbo amar?

Eu não sei
É tanta divergência
Com muita prepotência
Que se fechou o caminho
Para a consciência
Petrificados em um passado
Violento e antigo
Eles cerca nóis
Vestidos em paletós
Sabem que estamos sós
E sem sequer uma meia voz
Ei mãe, não chora não
A nossa zanga vai ser eterna
A minha cor é meu escudo
A minha luta me impede de ficar mudo
Mãe, cansei de viver numa caverna
Tá na hora de cuspir essa entala
De assoprar essa fumaça que nóis inala
De bater o pé no chão e gritar
Que essa terra também é nossa
E de mostrar que os preto
Não quer mais ser analogado
A vagabundagem, pobreza e senzala.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s